E sobre a ordenação feminina?

Ordenação feminina

Posição sobre a Ordenação Feminina

Nós, Anglicanos Reformados, estamos comprometidos em recuperar a visão bíblica da mulher na Igreja de Cristo. As igrejas anglicanas, historicamente, não têm comissionado mulheres às ordens sagradas. De fato, as mudanças acontecidas nesta questão nas igrejas anglicanas, são bem recentes.
Afirmamos que as Escrituras Sagradas nos ensinam que as mulheres, ainda tendo um papel essencial na vida da Igreja de Cristo, não devem ocupar, ou exercer, as Ordens Sagradas da Igreja, nem tampouco como Ministros Leigos (Lay Reader). Isto não deve ser entendido, como uma negação ao ministério feminino na vida da comunidade cristã. Pelo contrário, elas têm muito a aportar na vida da nossa igreja, já que são parte do corpo de Cristo e tem recebido dons do Espírito Santo, sendo assim uma parte vital na vida da Igreja de Cristo. Simplesmente, afirmamos que o Ofício de Diácono, Presbítero e Bispo tem sido sempre reservado e desenvolvido por homens na Igreja de Jesus Cristo.
Na família Episcopal Reformada, da qual somos parte, existe a possibilidade de desenvolver o ministério de diaconisas. Tal ministério de serviço é um ministério leigo. Estes são alguns dos ministérios que podem ser desenvolvidos pelas mulheres: Delegadas Leigas no Sínodo, Membros dos Conselhos locais, Guardiões, Catequistas, Missionárias, Evangelistas, líderes de Pequenos Grupos, líderes de louvor, entre outras funções e ministérios.

Power in Numbers

Programs

Locations

Volunteers

Project Gallery